Oferta dos portes de envio em compras iguais ou superiores a 35€!*

O que fazer ao óleo alimentar usado?

O óleo alimentar é um dos principais contaminantes do nosso planeta, causando danos ambientais, estruturais e públicos muitas vezes irreparáveis. Por isso, a colocação do óleo alimentar usado (OAU) pela rede de esgotos está fora das opções.

Uma das soluções é, após a utilização do OAU, deixá-lo arrefecer até à temperatura ambiente e colocá-lo numa garrafa ou garrafão de plástico com tampa de rosca ou recipiente homologado para o efeito. Depois, deposite o recipiente no destino adequado (oleão).

Recentemente, a Prio lançou o projeto Prio Top Level onde disponibiliza vários oleões nos seus postos de abastecimento, tendo mesmo um “oleão avançado” que oferece ao utilizador o depósito para colocar o OAU. Com este projeto pretende em 2020 ter mais de 800 oleões espalhados de norte a sul do país. O óleo alimentar usado recolhido nos oleões da Prio e outros oleões existentes em Portugal, como os presentes nas grandes superfícies comerciais, é reencaminhado para uma unidade de tratamento e de valorização deste resíduo para produção de biodiesel. Grande parte do óleo alimentar usado recolhido é valorizado em biodiesel não só devido à grande percentagem de conversão (1000 litros de OAU permite produzir entre 920 e 980 litros de biodiesel) como também ao preço de produção do combustível a partir deste resíduo em comparação com outra matéria prima. Uma percentagem mais pequena do OAU recolhido é utilizado para produzir sabão ou utilizado como aditivos na ração animal, pesticidas e biogás.

Outra solução, é a valorização do OAU nas nossas próprias casas e assim reaproveitar este residuo. Por exemplo, o óleo alimentar usado pode servir para acender a lareira, para isso basta colocar a lenha na posição correta e embeber um papel de cozinha com um pouco de óleo. Uma forma fácil e rápida de acender a lareira!  Também pode ser usado para fazer velas ecológicas, para isso podemos utilizar os pós que The Greatest Candle in the World disponibiliza para, com a ajuda do micro-ondas, fazermos a transformação. Outra forma é comprar ácido esteárico e juntamente com o resíduo e óleos essenciais fazemos velas com cheiro agradável.

A valorização dos OAU pode ainda ser realizada pela sua transformação em sabão caseiro. Na internet podemos descobrir muitos procedimentos, porém nenhum é seguro devido à utilização de soda cáustica que pode causar queimaduras. Desta forma, a utilização do Kit SOAPY é a forma mais segura e divertida para que qualquer criança a partir dos 6 anos consiga obter sabão líquido 100% biodegradável e dermatologicamente testado, a partir do OAU.

Para além de poder reciclar o OAU, o kit pode ser uma excelente forma de transmitir conceitos ecológicos aos seus filhos e ao mesmo tempo obter um produto útil no dia-a-dia.

Já não há razões para o descarte inadequado do OAU!