Oferta dos portes de envio em compras iguais ou superiores a 35€!*

FAQs

Detergentes EcoX

Se usam óleo usado para fazer detergentes, este não vai acabar por contaminar as águas também?

Não. O óleo no seu estado normal é de facto contaminante por não se misturar com a água, criando uma camada à superfície e fazendo com que sejam impossíveis as trocas de oxigénio com a atmosfera e a entrada das radiações solares na água. Com as soluções EcoX o óleo é totalmente transformado em ácidos gordos e glicerol que por suas vez são miscíveis com a água e 100% biodegradáveis.

Muitos detergentes já dizem no rótulo que são biodegradáveis, em que é que os vossos são diferentes?

Dizer que um produto é biodegradável - seja ele líquido ou sólido - não revela quais as condições em que tal pode acontecer, nomeadamente o tempo.
Idealmente um produto deve decompor-se em sub-produtos quando deixado no meio ambiente e isso deve acontecer num curto período de tempo.
Por norma, para um detergente ser considerado biodegradável, os tensioativos que o constituem deverão estar 60% degradados ao fim de 27 dias.
Os tensioativos usados nas formulações EcoX são altamente biodegradáveis, degradando-se pelos microorganismos existentes na natureza. Dependendo do meio em que se encontra, 60% dos mesmos biodegrada-se naturalmente em menos de 24 horas após a sua utilização.

...ok, e porque é que isso acontece?

A não existência de ramificações nas estruturas das cadeias carbonadas nos detergentes EcoX facilita amplamente a degradação realizada pelos microorganismos do meio ambiente.

É seguro utilizar os detergentes obtidos com as soluções EcoX?

Sim. Os produtos de limpeza EcoX - quando seguidos na íntegra os métodos de utilização descritos – são seguros para serem manuseados em ambiente doméstico ou profissional por terem sido testados laboratorialmente por cientistas certificados. No caso específico do SOAPY ® foram ainda feitos testes dermatológicos por entidades externas que comprovam a segurança para adultos e crianças. 

Porque devemos reciclar o óleo usado?

O óleo de fritura nunca deve ser escorrido para o ralo da pia ou para a sanita, uma vez que traz um impacto negativo às canalizações, ao meio aquático e aos solos. Segundo dados da Quercus, um litro de óleo alimentar usado é o suficiente para contaminar um milhão de litros de água (quantidade suficiente para a sobrevivência de uma pessoa durante 40 anos).

SOAPY

Posso utilizar qualquer óleo no SOAPY?

As soluções EcoX são desenvolvidas e testadas em laboratório para funcionar com diferentes óleos tais como, óleo vegetal, óleo de amendoim, óleo de girassol, óleo de soja, óleo de milho e azeite (óleo de oliva).

Após utilizar a batedeira ou a varinha mágica no processo, posso utilizá-la para cozinhar?

Sim. O processo de transformação do óleo alimentar usadas em produtos de limpeza vai ajudar a higienizar a batedeira ou a varinha mágica. Contudo aconselhamos a que no final da utilização se faça a lavagem das partes móveis com água em abundância.

Posso utilizar o óleo logo após a fritura?

Sim. Contudo o óleo deverá arrefecer até ficar à temperatura ambiente. Após o arrefecimento deverá filtrar eventuais partículas sólidas, utilizando um guardanapo ou um coador por forma a ter óleo adequado ao processo EcoX.

Só posso utilizar o óleo alimentar já usado?

Não. O óleo a utilizar para obter os produtos de limpeza pode ser novo, porém por questão ecológica aconselhamos a utilização do óleo alimentar usado, por ser um resíduo perigoso para o ambiente quando descartado incorretamente.

Quando realizar as duas experiências SOAPY® preciso de comprar outro kit?

Não. Quando realizar as experiências do kit, posso optar apenas pela compra de uma recarga do mesmo kit ou de outro kit do SOAPY® e assim reutilizar o restante material do kit, como os óculos, luvas, depósito e espátula.